Siga-nos agora em
english version
INÍCIO  |  LOGIN SÓCIOS  |  CONTACTOS  |  MAPA DO SITE
PESQUISAR
 
 

EDIÇÕES ANTERIORES

   
 

2006

 

   

 

 

       

Prémio APG Mérito
Raúl Caldeira
Fundador, primeiro presidente e sócio nº 1 da APG, o único português até hoje a receber o prémio “George Petitpas", o mais importante galardão a nível mundial da Gestão de Recursos Humanos atribuído pela Federação Mundial das Associações de Recursos Humanos (WFPMA). Foi Director de Recursos Humanos de várias empresas como a CUF, Lisnave ou o Grupo José Mello. Foi ainda consultor, formador e docente universitário, nomeadamente na Universidade Católica Portuguesa a que esteve ligado durante largos anos.

 

 

  Prémio APG Empresa
Fromageries Bel Portugal

Uma empresa de lacticínios da zona de Vale de Cambra com mais de 650 colaboradores espalhados pela Ilha de S. Miguel (Açores) e Vale de Cambra. Desenvolveu um projecto num contexto difícil, quer do ponto de vista regional, quer no que respeita à população de baixa escolaridade, com antiguidade e idades avançadas o que, na opinião do júri, retratou de alguma forma a realidade portuguesa.
   

 Prémio APG Personalidade
O júri decidiu em 2006 não atribuir o prémio nesta categoria devido ao número insuficiente de candidaturas.

 

 

2007

 

   

 

 

  Prémio APG Mérito
Pedro Mendes

Dedicou toda a sua carreira profissional à gestão das pessoas tendo sido Director de RH de várias empresas nacionais como os CTT Correios de Portugal, Companhia de Seguros Império, Lisnave ou Grupo José de Mello. Paralelamente desenvolveu uma intensa vida associativa ao serviço da APG, sendo os seus mandatos considerados unanimemente como dos melhores da história da nossa associação. Pedro Mendes foi ainda Presidente da Associação Europeia de Recursos Humanos (EAPM) e da Federação Mediterrânica de Recursos Humanos. Actualmente desenvolve actividade docente no Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP).

 

 

  Prémio APG Empresa
Grupo Martifer

Empresa metalomecânica de Oliveira de Frades fundada em 1990, tem cerca de 1500 trabalhadores dos quais 450 operam no estrangeiro em cargos de gestão e liderança. O júri considerou factores relevantes o facto de ser um exemplo de como uma empresa pode crescer, diversificar, inovar, criar emprego qualificado, ser socialmente responsável, internacionalizar, conciliar trabalho/família, ser uma das 10 melhores empresas para trabalhar em Portugal e ter disparado os seus lucros líquidos em 170% demonstrando que lucros são uma consequência de uma boa gestão e de uma boa liderança. A receber o prémio esteve presente Ana Medeiros, responsável de Recursos Humanos e Formação da Martifer.

 

 

  Prémio APG Personalidade
Fernando Nobre
Presidente e Fundador da AMI – Assistência Médica Internacional, fundada em 1984. A AMI tem como objectivo intervir rapidamente em situações de crise e emergência, tendo o homem como centro de todas as suas preocupações. Fernando Nobre foi premiado na sua qualidade de gestor de pessoas, de homem com visão, de estratega, organizador de equipas difíceis e de alto rendimento, mobilizador, motivador e de líder de pessoas. Foram ainda realçadas as suas competências emocionais, a energia, a autenticidade, a insatisfação construtiva, a honestidade emocional e a capacidade de construir. Devido a compromissos já assumidos anteriormente, o Presidente da AMI não pôde estar presente para receber o galardão tendo sido representado pela Vice-Presidente, Leonor Nobre.
 

2008

 

   

 

 

  Prémio APG Mérito
Alberto Silva Fernandes

Responsável pelos Recursos Humanos, Formação Profissional, Ambiente e Segurança & Higiene no Trabalho do Grupo Salvador Caetano entre 1971 e 2003, foi ainda Administrador de várias empresas do mesmo grupo como a Rigor, a Lince e a Coral ou ainda da Fundação Salvador Caetano. Desempenhou também funções como Formador e Consultor, tendo ainda uma intensa vida cívica como membro e voluntário de algumas ONG’s.
Em termos associativos, foi fundador e Presidente da Associação Portuguesa de Management e Presidente do Grupo Regional Norte da APG durante alguns mandatos. Em 1999 doou o espólio da sua biblioteca particular à APG Norte.

 

 

  Prémio APG Empresa
Banco Santander Totta

O júri decidiu premiar o Programa “Santander és Tu”, o qual está cimentado em 4 grandes objectivos: promover as vantagens de trabalhar no Santander dando a conhecer a proposta de valor que o banco proporciona aos seus colaboradores; fomentar o diálogo entre os directivos e as suas equipas, favorecendo uma nova forma de trabalhar e de liderança; reconhecer o esforço e dedicação de todos os colaboradores; consolidar o conhecimento dos valores e da cultura desenvolvendo desta forma um sentimento de orgulho de pertença à organização.
O prémio foi recebido pela Directora Coordenadora de Recursos Humanos do banco, Isabel Viegas.

 

 

  Prémio APG Personalidade
Luís Portela

Presidente do Conselho de Administração dos Laboratórios Farmacêuticos Bial, é licenciado em Medicina pela Universidade do Porto tendo sido docente na mesma universidade onde leccionou a cadeira de Psicofisiologia.
Desligou-se da carreira médica e universitária para se dedicar à gestão de empresas. A sua actividade empresarial foi iniciada com vinte e um anos e aos vinte e sete assumiu a presidência dos Laboratórios Bial, cargo que tem exercido até à actualidade.
Sob a sua presidência a Bial tornou-se o maior grupo farmacêutico português e iniciou a sua internacionalização, operando actualmente em mais de trinta países.
Em 1994 criou conjuntamente com os Laboratórios Bial e o Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas a Fundação Bial.
 

2009

 

   
   

Prémio APG Mérito
Maria Márcia Trigo
Maria Márcia Trigo, é licenciada em História, mestre em Gestão do Desenvolvimento e Cooperação Internacional e pós-graduada em “ New Methodes for Vocational Education, Research and Evaluation” tendo uma longa carreira dedicada à formação, educação e ensino.
Entre 1984 e 1985 foi Presidente da Comissão Nacional de Aprendizagem e entre 1983 e 1986 Directora Geral dos Serviços de Formação Profissional do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP). De 1986 a 1990 foi Directora Geral da COPRAI (Associação Industrial Portuguesa) e de 1990 a 2000 Presidente da Comissão Interministerial do Programa de Educação Para Todos 2000. Neste mesmo ano assume a Presidência da ANEFA – Agência Nacional de Educação e Formação de Adultos (actual ANQ) e em 2002 funda a Escola de Gestão & Negócios da UAL de que foi Presidente até 2006 e onde actualmente é docente.

   

Prémio APG Empresa
Volkswagen Autoeuropa
Esta organização foi distinguida com o Prémio, pela importância que a empresa tem na economia portuguesa, pela ousadia com que se tem destacado no Grupo VW como uma das suas melhores subsidiárias, pela coragem com que tem sabido lidar com as adversidades do sector, pelo carácter inovador das suas práticas de recursos humanos no âmbito da avaliação e selecção, formação e relações laborais.
A receber a distinção estiveram Julius von Ingelheim, Director de Recursos Humanos da VW Autoeuropa e Margarida Silva, Chefe de Divisão de Compensação, Desenvolvimento e Destacamentos Internacionais da área de RH.

 

   

Prémio APG Personalidade
Rui Vilar
Rui Vilar, licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra, é Presidente da Fundação Calouste Gulbenkian, tendo sido seu Administrador desde 1996. É ainda Presidente da Partex Oil and Gas (Holdings) Corporation, do Centro Europeu de Fundações (EFC), do Centro Português de Fundações e do Conselho de Auditoria do Banco de Portugal.
Foi um dos fundadores da SEDES, de que foi o primeiro presidente. A sua carreira política começa em 1974 como Secretário de Estado do Comércio Externo e Turismo do I Governo Provisório. No mesmo ano é-lhe confiada a tutela do ministério da Economia dos II e III Governos Provisórios (1974/75).
Foi eleito Deputado em 1976. Entre 1976 e 1978, foi Ministro dos Transportes e Comunicações do I Governo Constitucional e, entre 1986 e 1989, Director-Geral da Comissão das Comunidades Europeias, em Bruxelas. Como gestor, foi Vice-Governador do Banco de Portugal, entre 1975 e 1984.

 

2010

 

   
 


 

Prémio APG Mérito
José Afonso Oliveira
Licenciado em Psicologia pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação de Lisboa, é formador independente, “coach”, docente do ensino superior, sócio gerente e consultor associado da PRAGMA Consultores Associados, Lda.
Atua nas áreas de Diagnóstico de necessidades, concepção e animação de acções de formação nos domínios da liderança, da gestão de Recursos Humanos, da Psicologia e da Formação de Formadores, para diversas organizações.
É o responsável em Portugal do “chapter” do ICF – International Coaching Federation, um das mais prestigiadas organizações certificadoras internacionais de coaching.
Interveio em várias seminários, conferências e workshops e é autor de artigos e publicações.

 

 

Prémio APG Empresa
PricewaterhouseCoopers
É uma “network” global espalhada por 154 países e conta com mais de 161.000 profissionais em todo o mundo. Em Portugal está presente há mais de 50 anos e conta com cerca de 800 colaboradores permanentes com escritórios em Lisboa e no Porto.
A sua candidatura incidiu essencialmente em projectos sobre políticas de desenvolvimento de Recursos Humanos mais concretamente na Gestão da Performance, Avaliação de Potencial, Formação e Desenvolvimento e ainda 360º Feedback.
Estes projectos assentam todos numa política de “Talent Management” com enfoque no potencial de desenvolvimento dos colaboradores e de elevados padrões de desempenho com vista à concretização das metas que para a empresa são fundamentais: a construção de relações e o acrescentar valor, tanto numa lógica interna como para os seus clientes.

   

Prémio APG Personalidade
Maria João Antunes
Licenciada em Gestão de Recursos Humanos e Psicologia do Trabalho pelo ISLA, tem uma carreira profissional com mais de 32 anos, na sua grande maioria dedicada à gestão e ao desenvolvimento dos Recursos Humanos.
Desenvolveu vários projetos ao longo da sua carreira profissional tendo estado envolvida no lançamento de 4 empresas: uma fábrica industrial de componentes eletrónicas; 2 empresas de telecomunicações móveis e um hipermercado.
Passou por várias organizações sempre em funções de Direcção dos Recursos Humanos.
Desempenha funções como Directora de Recursos Humanos da MAKRO onde esteve envolvida em vários projectos com largas centenas de colaboradores, suas famílias e a comunidade local tendo ainda lançado várias iniciativas de reconhecimento e retribuição, motivação e incentivos para os colaboradores, promoção de convívios, projectos na área da Responsabilidade Social, criação e implementação de programas no sentido de aumentar o nível de compromisso dentro da empresa.


 

2011

 

   

 

 

Prémio APG Mérito
Maria da Glória Ribeiro
Maria da Glória Ribeiro, licenciada em Psicologia e com uma especialização em gestão, é fundadora e Managing Partner da AMROP Portugal.
Fundou a empresa de executive search Sirca Portugal em 1988 que se integrou na AMROP 3 anos depois.
Tem mais de 20 anos de experiência no executive search, tendo trabalhado em múltiplos sectores e áreas funcionais. Possui um forte background em consultoria estratégica e comportamento organizacional e tem deixado uma marca indelével da actividade de executive search em Portugal.
Maria da Glória Ribeiro foi nomeada, de acordo com a autora Nancy Garrison-Jenn, “The Global 200 Executive Recruiters” uma das 200 Top Consultoras em Executive Search.
Há mais de 20 anos que trabalha com os mesmos padrões de excelência, compromisso ético, proximidade dos clientes, influenciando de forma notória não só os gestores de topo com quem trabalhou mas com toda a comunidade RH.
Independentemente dos ciclos económicos e sociais tem-se mantido sempre na vanguarda da inovação e da liderança nesta área de actividade.




 

Prémio APG Empresa
CH Business Consulting

O Grupo CH, com sede em Coimbra, tem como principal actividade a consultoria de gestão a PME’s.
Tem cerca de 80 colaboradores e um volume de negócios aproximado dos 4 milhões de euros.
A CH Business Consulting desenvolveu um conceito inovador de organização transparente, que procura incutir quer internamente nos seus colaboradores, fornecedores e parceiros, quer nos seus clientes.
Foi considerada em 2011 pela revista exame a melhor empresa portuguesa para trabalhar e obteve o 3º lugar no ranking da Great Place to Work.
Os princípios de excelência de gestão, a importância atribuída às pessoas, o foco no mercado das PME’s, assim como o facto de ser um projecto empresarial descentralizado (com origem fora das cidades de Lisboa e Porto), levaram a APG à atribuição do prémio empresa ao Grupo CH Business Consulting.
António Henriques, CEO e Lurdes Morais, Partner da empresa e responsável pelo escritório do Porto, receberam o galardão.


   

Prémio APG Personalidade
Isabel Jonet
Presidente do Banco Alimentar Contra a Fome de Lisboa, Presidente da Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares e Presidente da ENTRAJUDA, Isabel Jonet é economista de formação e gestora de talentos e boas vontades por opção e missão.
Determinada, criativa e lutadora feroz contra o desperdício, nomeadamente de pessoas, lidera o maior movimento de voluntariado organizado em Portugal.
Gerir sensibilidades, competências, motivações e disponibilidades, em prol de uma causa que é de todos, é o seu dia-a-dia.
Atenta, organizada, de espírito prático e sempre preocupada com as questões da eficácia e eficiência, não perde de vista que o mais importante são as pessoas e que a elas se deve o sucesso das organizações.
Consciente dos desafios que se colocam às organizações às quais preside, e que vivem essencialmente de boas vontades, as palavras como partilha, espírito de serviço, entrega e gratidão ganham conteúdo na sua relação com as pessoas que diariamente contribuem para que as mesmas cumpram a sua missão.
Desassossegada por natureza, contagia, envolve e motiva os que consigo trabalham a olhar para além do óbvio, fazendo-os sentir-se parte de um todo e mantendo viva a vontade de fazer melhor para que outros possam viver melhor.


 

 

2012


 


 

 

Prémio APG Mérito
Amândio da Fonseca
Licenciado em Psicologia e Ciências da Educação pela Universidade Clássica de Lisboa, Amândio da Fonseca foi consultor da Norma de 1969 a 1986 e fundador da Área Chave. Em 1986 fundou a EGOR Portugal sendo atualmente Presidente do Grupo EGOR que completou o ano passado 25 anos de vida.
Foi o responsável pelo “Challengers Trophy” que chegou a Portugal em 1991, implementado a partir de um conceito desenvolvido na Bélgica e fruto de uma parceria entre a EGOR e o jornal “Expresso”.
No âmbito das suas diversas atividades, conta-se o desenvolvimento do “e-recruitment” de que a EGOR foi pioneira em 1996.
A Qualidade foi também um dos seus estandartes tendo a sua empresa sido pioneira na certificação dos sistemas de Gestão da Qualidade nas áreas do recrutamento, seleção e avaliação psicológica de recursos humanos.
Complementarmente às atividades empresariais no âmbito do Grupo EGOR, Amândio da Fonseca exerceu funções como Formador, no âmbito das “Clínicas de Gestão”, no desenvolvimento da Inteligência Emocional e Liderança para quadros superiores e como “Coach”.
O júri dos “Prémios APG” reconhece a excelência de um profissional de Recursos Humanos que ao longo de vários anos contribuiu e continua a contribuir para o desenvolvimento e a notoriedade da função e particularmente da importância do fator humano na Gestão.


 

 

Prémio APG Empresa
Companhia Carris de Ferro de Lisboa
O projeto premiado pelo júri foi desenvolvido em 2011 pela Direção de Gestão de Pessoas e Capital Humano da CARRIS.
Trata-se do programa “MAXIMIZAR – Conhecer, Gerir e Comunicar” e que visava o desenvolvimento dos processos e das aplicações informáticas de Gestão de Recursos Humanos a partir do qual surgiram várias práticas de excelência, nomeadamente:
a forte aposta na comunicação interna; a conceção, desenvolvimento e implementação de um novo Modelo de Gestão de Desempenho por Competências e Objetivos; o desenvolvimento de um Modelo de Gestão por Competências; um processo de Gestão da Seleção e Integração; um processo de Gestão de Desempenho mais integrado e objetivo; a adoção de uma estratégia “Smart” na Gestão por Objetivos; a implementação de práticas de “e-recruiment”; a criação do programa DRIVE – CARRIS; as certificações obtidas na vertente de segurança e saúde no trabalho e na vertente de responsabilidade social; a reestruturação dos postos médicos; o apoio psicossocial aos colaboradores e a introdução dos “Prémios Inovação e Desempenho +”.
O júri dos Prémios APG decidiu assim atribuir o Prémio Empresa 2012 à CARRIS reconhecendo desta forma a excelência da sua atuação na área da gestão e do desenvolvimento das pessoas.

 

 

Prémio APG Personalidade
António Saraiva
É Diretor Coordenador de Human Capital da PricewaterhouseCoopers Portugal.
Licenciado em Psicologia e com uma Pós-graduação e um Mestrado em Psicologia do Desporto e da Actividade Física, desde muito cedo que a consultoria em Gestão de Recursos Humanos foi uma paixão para António Saraiva.
Abraçou muitos desafios desde a Formação ao Recrutamento & Selecção de pessoas, passando pela consultoria nos sistemas de Gestão de Pessoas, nomeadamente análise de responsabilidades, modelo de competências, sistemas de avaliação do desempenho e processos de reestruturação.
Foi Diretor Geral Adjunto do Challengers Trophy (Grupo Egor) em Portugal e Manager da PwC Consulting, sendo aqui responsável pela área de Formação para Clientes.
Atualmente é responsável na PwC pela implementação estratégica das políticas de desenvolvimento de recursos humanos para cerca de 900 colaboradores que compõem toda a firma portuguesa.
Ao longo da sua carreira, foi notória a preocupação para com o desenvolvimento pessoal e profissional das pessoas, mas também para que as mudanças e políticas introduzidas acrescentem valor e permitam o crescimento das organizações.
O júri dos Prémios APG reconhece o seu nível de envolvimento, dedicação e empenho que tem contribuído não só para o crescimento pessoal e profissional das diversas pessoas com quem tem trabalhado, mas também, ao nível das políticas de desenvolvimento do capital humano implementadas em contextos profissionais diversos.


2013





Prémio APG Mérito
Rui Nabeiro


Proveniente de uma família humilde, Rui Nabeiro assumiu os destinos da pequena torrefação familiar aos 17 anos mas, insatisfeito com o negócio, viria a criar a sua própria empresa em 1961, a Delta Cafés, uma marca de sucesso no país e no mundo, exemplo de pioneirismo, inovação e vontade empresarial. Empresário líder no mercado dos cafés, constituiu em 1982 a Novadelta e, em 1984, criou uma nova fábrica, a maior torrefatora da Península Ibérica. Hoje em dia o Grupo Nabeiro estende-se por áreas como a alimentação e bebidas, indústria e serviços, imobiliário, distribuição, turismo e restauração. Desde a sua fundação, a Delta assentou em valores sólidos e princípios que se refletiram na criação de uma marca de Rosto Humano, assente na autenticidade das relações com todas as partes interessadas: acredita nas pessoas e, pelas pessoas, dá diariamente o seu melhor em todos os setores de atuação da sua atividade. Desta forma, foi criada a "Coração Delta", uma associação de solidariedade social do Grupo Nabeiro, com o objetivo de desenvolver projetos nas comunidades nomeadamente projetos de voluntariado e de apoio social O desempenho da Delta pauta-se ainda pela participação em diversas causas de cariz social, visando suprimir as necessidades das partes interessadas e contribuir para o desenvolvimento sustentável e também pela humildade, inerente à forma de estar refletindo-se na informalidade do ambiente de trabalho e do relacionamento entre os colaboradores no dia-a-dia.



Prémios APG Personalidade e APG Empresa

O júri decidiu em 2013 não atribuir o prémio nestas duas categorias devido ao número
insuficiente de candidaturas.

2014









Prémio APG Mérito: Jorge Marques

A atribuição deste prémio a Jorge Marques é um ato institucional onde a APG pretende dar um reconhecimento público e formal a uma pessoa, cujo percurso pessoal e profissional configura uma “narrativa” onde se entrecruzam situações, vivências e  acontecimentos que, de alguma maneira, representam valores considerados relevantes para serem divulgados como exemplos de contributos de exceção no domínio da Gestão das Pessoas. Para além da sua grande experiência como executivo e consultor de Gestão de Pessoas e do seu contributo para o engrandecimento da APG, prestado ao longos de muitos anos como sócio efetivo e dos três mandatos  sucessivos como Presidente da sua Direção Nacional, representa ainda, pelo seu currículo, pela sua obra e  pela sua vida, um claro exemplo de um novo estilo de “estar” na Gestão das Pessoas.









Prémio APG Empresa: Groundforce Portugal

A Groundforce Portugal apresentou uma candidatura que evidencia o empenho e o esforço da Direção de Recursos Humanos na minimização do risco para as Pessoas de verem as suas vidas menos valorizadas, quando não mesmo deterioradas pela relação de trabalho e mostra fortíssimo entusiasmo na prática que promove. A candidatura é fortemente ilustrada por exemplos das práticas e por elementos que se lhes associam publicitando a grande preocupação em mostrar o que a Direção de Recursos Humanos está a fazer, divulgando e difundindo a sua ação, o seu entusiasmo e o caminho que percorre na busca da Excelência.



Prémio APG Personalidade

O júri decidiu em 2014 não atribuir o prémio nesta categoria devido ao número insuficiente de candidaturas.

 
 
 
Início | RH atual | Sobre a APG | APG Informa | Sócios | Formação | Publicações | Prémios | Ligações | Mapa do site | Contactos
redicom.pt